i

              Causa merita

 

Soon.../brevemente English

 


hist

 

historia
enigmas
descobrimentos
colombo
navios,

navios,

navios
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Descobrimentos   

neste site


4ª Fase do período de Descobertas 1510 - 1580                  Introdução - 1ªFase - 2ªFase - 3ª Fase

 

 

Resumo

Depois da Batalha de Diu, Portugal torna-se numa potência mundial e o 1º Império Transoceânico.

São conquistadas e estabelecidas zonas de influência na Índia. Goa torna-se capital do Estado Português da Índia. São controladas Chaul (India), Baçaim (India) entre outras. O Sri Lanka e o Bahrein tornam-se também posse dos portugueses. No norte de África  é conquistada de Azamor (Marrocos).

De seguida é conquistada Malaca, um importante espaço na passagem para as especiarias, assim como a influente Maçabar (Indonésia). Os portugueses tomam posse de Ternate (Molucas) em 1521 - A Terra das Especiarias, um dos grandes objectivos de todas estas jornadas. Outros grandes factos foram a chegada e o estabelecimento na China - Macau e no Japão, onde os portugueses mostraram pela primeira vez as armas de fogo e fundaram a cidade de Nagasaki. Portugal passou a ter um controle tão grande do Índico que era necessário a quem quisesse atravessá-lo solicitar um salvo-conduto às autoridades portuguesas.

No atlântico, para além do controlo praticamente total da costa brasileira e ilhas atlânticas, foi controlada a ilha dos Barbados e realizadas viagens às costas do Lavrador e Terra Nova - Canadá.

É desenvolvido um navio - Galeão, que devido à sua versatilidade, desempenha um papel importantíssimo, quer no envio de cargas, quer no controlo militar. Nesta altura a vida a bordo dos navios portugueses

O domínio no Índico manteve-se por praticamente um século. Algumas das praças do norte de África tinham sido abandonadas por falta de lucro. As possessões portuguesas por todo o mundo começaram a ser cobiçadas por nações emergentes como os Ingleses, Franceses e Holandeses. O Império Português abrangia três continentes e estava estendido por 2/3 do globo terrestre. Tornou-se impossível manter tamanho território, piorando a situação, quando em 1578 o rei português D. Sebastião morreu com 24 anos e sem filhos para o suceder. Sob domínio espanhol, a maioria das posses portuguesas foram invadidas e conquistadas...

 

Portugal chega ao Japão

 

 

 

Cronologia de acontecimentos 4ª Fase do período de Descobertas

 

A Batalha de Diu de 1509, a mais emblemática da História da Marinha Portuguesa foi uma das raras batalhas navais em que a armada vencida foi totalmente aniquilada. Sob o ponto de vista estratégico foi o factor que, acima de qualquer outro, criou as condições que permitiram a Afonso de Albuquerque conquistar Goa em 1510, Malaca em 1511, entrar no mar Vermelho e obrigar o Samorim de Calicut a pedir a paz em 1513 e tornar-se definitivamente senhor de Ormuz em 1515. Portugal domina o Oceano Índico.(45)

 

1509 - O golfo de Bengala (Eur) é atingido por Diogo Lopes de Sequeira que chegou até Malaca (Eur).(46)

 

Molucas - Os primeiros europeus a chegar a Ternate faziam parte da expedição portuguesa de Francisco Serrão às Molucas (1511). Em 1522 efectuou-se a ocupação com a construção de um forte, até 1575.(47)

 

 

4ª Fase - Império na Índia. Chegada às Molucas e ao Japão.

 

Em 1511, os portugueses tomam posse da península de Malaca, placa contornante do comércio com a China e com o sudeste asiático.(48)

 

1512: António de Abreu descobre a ilha de Timor (Eur).(49)

 

1513: Jorge Álvares chegou às costas da China (por mar Eur).(50)

 

1512 - Fortificação de Calecute - Chegada em 1498 (até-1525)

 

1512 - Pedro Mascarenhas, navegador, diplomata e mais tarde vice-rei da Índia, por volta de 1512, avistou as perto de Madagascar as Ilhas Mascarenhas (Reunião, e Maurícia, ...)

 

Goa a partir de 1510, foi a capital do Estado Português da Índia, tendo sido invadida pela União Indiana em 1961.(51)

 

Malaca (Malásia) - conquistada (1511-1641); perdida para os holandeses.(52)

 

Macáçar ou Macaçar (Makassar em indonésio) é a capital e a maior cidade da província de Celebes do Sul, na Indonésia. Localiza-se no sul da ilha de Celebes. Foi possessão portuguesa entre 1512 e 1665.(53)

 

1513 - Conquista de Azamor (1513-1541). Cidade restituída a Marrocos em 1541. (54)

 

Em 1 de Abril de 1515, Albuquerque, já governador da Índia, regressou a Ormuz (depois de 1507), reconstruiu a fortificação (Forte de Nossa Senhora da Conceição de Ormuz) e estabeleceu a suserania portuguesa, subordinada ao Estado da Índia.

 

Paliacate (Pulicat em tamile) é uma vila do estado de Tamil Nadu, na Índia. Localiza-se a norte de Madrasta. Foi um estabelecimento português entre 1518 e 1610, quando foi ocupado pelos holandeses.(56)

 

Ningbo, Ningpo ou Liampó (forma Portuguesa do século XVI) (?) é uma cidade da província de Zhejiang, na China. Localiza-se no nordeste da província. Foi uma feitoria Portuguesa entre 1518 e 1545.(55)

 

Domínio de Ceilão, Sri Lanka (Fundada Colombo, em 1517).(57)

 

Lopo Soares explorou, em 1517 a região da Etiópia e Somália.

 

O português Fernão de Magalhães foi o primeiro europeu a navegar pelo estreito com o seu nome em 1520, atravessando depois o Oceano Pacífico.

 

Conquista de Chaul (India) - possessão (1521-1740). (58)

 

Posse de Ternate nas Molucas (1521).(47)

 

De 1521 a 1602, o país Bahrein foi ocupado pelos portugueses.(59)

 

São Tomé de Meliapore foi um antigo território de Portugal entre os anos de 1523 e 1662, e também entre 1687 e 1749. Está localizado na costa ocidental da Índia.(60)

 

Em 1524, Aleixo Garcia e cerca de dois mil Guaranis atacam os postos fronteiriços do Império Inca. Partindo da actual costa do Brasil, percorrendo as matas e o rio Paraguai, chegaram à actual cidade de Sucre na Bolívia.

 

Posse de Chittagong (India- Bengala) (1528-1666) (61)

 

Bombaim (India, também chamada de "Mumbai") - possessão (1534-166).(62)

 

Salsette (do nome em língua marathi Sashti (?) foi um antigo território de Portugal entre os anos de 1534 e 1737. É uma ilha localizada no Estado de Maharashtra, noroeste da Índia.

 

Baçaim (India) - possessão (1535-1739). (63)

 

 

4ª Fase - Conquista de praças africanas

 

Diu - oferecida em 1535 como recompensa por ajuda militar ao sultão do Gujarat. (45)

 

Cranganor (India) - possessão (1536-1662)

 

Barbados - colónia portuguesa (1536-1620) conhecida como Ilha Os Barbados, invadida pelos Britânicos em 1620 e conquistada em 1662.(64)

 

Surate (Surat em gujarate) é uma cidade da Índia, no estado de Gujarate. Foi uma possessão portuguesa entre 1540 e 1612.(65)

 

1541 - Fernão Mendes Pinto, Diogo Zeimoto e Cristovão Borralho atingiram o Japão.(66)

 

1542 - João Rodrigues Cabrilho (ao serviço dos de Espanha) descobriu a Califórnia.

 

Posse de Macassar nas Celebes (hoje Sulawesi) (1545). (67)

 

1549 - Fundação da cidade de Salvador como capital do Brasil.

 

Thoothukudi é uma cidade no distrito de Thoothukudi , no estado indiano de Tamil Nadu. Foi uma possessão portuguesa entre 1548 e 1658.(68)

 

Macau - estabelecimento (1553-1999)

Em 1557, os portugueses conseguiram estabelecer-se na Península de Macau, construindo um estabelecimento comercial, graças ao consentimento, à concessão e à autorização das autoridades chinesas a este acto.(69)

 

Fundação de Accra (Gana) (1557-1578). (70)

 

Maldivas - ocupação (1558-1573).(71)

 

Damão - aquisição em 1559. (62)

 

Mangalore (Mangaluru em canarês) é uma cidade do estado de Karnataka, na Índia. Localiza-se na costa do mar da Arábia. Foi possessão portuguesa entre 1568 e 1659.(72)

 

Japão - Em 1570 os navegadores portugueses — que aportaram pela primeira vez no Japão em 1543 — fundaram a cidade de Nagasaki, na baía do mesmo nome, onde passaram a habitar.(73)

 

Angola - colónia (1575-1975).(74)

 

Hughli foi um antigo território de Portugal entre os anos de 1579 e 1632.(75)

 

(1587) Durante 10 anos, Duarte Lopes descobre a região dos grandes Lagos e as nascentes dos grandes Rios Africanos. (conforme mapa de Pigafeta). Esteve em África sendo enviado a Filipee II e ao Papa sobre assuntos do Congo, tendo comunicado a Pigafetta as suas explorações e publicadas em 1591. Conhecia os Lagos Tanganhica e Vitoria Nianza que erradamente se pensa descobertos pelo Britânico Livingstone.

 

1588, João Martins efectua a passagem do NO (Atlântico/Pacifico pelo Norte), transportando o governador das Filipinas, Lorenzo Ferrer Maldonado. Documentada no vol. VI do Instituto de Coimbra, pelas investigações de Ernesto de Vasconcelos, J. N. Huot e M. C. Amoreti. Encontra-se ainda indicada no mapa da colecção Muñoz, na Biblioteca da Casa Cadaval.
 

 

Mombaça (Mombasa em suaíle) é a segunda maior cidade do Quénia, localizada na costa do Oceano Índico. Foi ocupada por Portugal entre 1593 e 1698 e entre 1728 e 1729.(76)

 

Ceilão (Sri Lanka) - colónia (1597-1658). Os holandeses apoderaram-se do seu controlo em 1656. (57)

 

Bante foi um antigo território de Portugal entre o século XVI e o século XVIII. Era localizado na Ásia Oriental, mais precisamente na actual Indonésia.(77)

 

Masulipatão (Machilipatnam em hindi) é uma cidade do estado de Andhra Pradesh, na Índia. Foi ocupada pelos portugueses entre 1598 e 1610, sendo depois abandonada. Os ingleses estabeleceram-se na cidade em 1611.(78)

 

1624, António de Andrade viaja aos Reinos do Tibete, afim de evangelizar aqueles povos.

 

Em 1650, Pedro Fernandes de Queirós, percorreu a Oceânia e numa expedição descobriu uma parte das ilhas Marquesas, Mendana. Noutra expedição reconheceu o Taiti, o grupo Malicolo e parte das Novas Hébridas. A sua viagem foi impressa em português e publicada em inglês na colecção Hakluyt. Partiu de Calhau no Chile e voltou a Acapulco.

 

David Melgueiro em 1660, ao serviço da Holanda, realiza a viagem do Japão a Portugal pelo Estreito de Béring (Ártico).

 

Cisplatina (Uruguai) - colónia (1715-1822)

 

Topo | Descobrimentos |  1ªFase - 2ªFase - 3ª Fase

 

 

 

   

 

história de Portugal, enigmas, descobrimentos, Colombo, navegação, antiguidade, caravela, civilização antiga, modelismo, mapas, historia de Portugal, enigmas, descobrimentos, Colombo, navegação, antiguidade, caravela, civilização antiga, modelismo, mapas, historia de Portugal, enigmas, descobrimentos, Colombo, navegação, antiguidade, caravela, civilização antiga, modelismo, mapas, historia de Portugal, enigmas, descobrimentos, Colombo, navegação, antiguidade, caravela, civilização antiga, modelismo, mapas, historia de Portugal, enigmas, descobrimentos, Colombo, navegação, antiguidade, caravela, civilização antiga, modelismo, mapas,

historia de Portugal, enigmas, descobrimentos, Colombo, navegação, antiguidade, caravela, civilização antiga, modelismo, mapas, historia de Portugal, enigmas, descobrimentos, Colombo, navegação, antiguidade, caravela, civilização antiga, modelismo, mapas, historia de Portugal, enigmas, descobrimentos, Colombo, navegação, antiguidade, caravela, civilização antiga, modelismo, mapas, historia de Portugal, enigmas, descobrimentos, Colombo, navegação, antiguidade, caravela, civilização antiga, modelismo, mapas, historia de Portugal, enigmas, descobrimentos, Colombo, navegação, antiguidade, caravela, civilização antiga, modelismo, mapas,